Echo Games - Logo Echo Games - Logo
Echo Games - Logo
Echo Games - Layout

Funcionárias abrem processo contra a Riot Games por discriminação de gênero

Ação cita diferença de salário e ambiente de assédio constante e sexualmente hostil

Por: Lucas Arbex   |   07/11/2018 - 11:37
Echo Games - Facebook Echo Games - Twitter Echo Games - Google Plus Echo Games - WhatsApp

Uma funcionária e uma ex-funcionária da Riot Games abriram um processo contra a empresa nesta segunda-feira (5), acusando-a de discriminação endêmica de gênero e fomento à um ambiente predominantemente masculino.

De acordo com o site Kotaku, a ação alega que funcionárias do sexo feminino da empresa ganham salários menores e têm suas carreiras “sufocadas” apenas por serem mulheres. Além disso, as funcionárias ainda alegam que têm que lidar com um ambiente de assédio constante, má conduta e sexualmente hostil.

Como indenização, o processo exige que a Riot pague uma compensação pela diferença de salário, assim como multas por dano moral e assédio sexual.

Vale lembrar que a empresa vêm sofrendo denúncias deste tipo há alguns meses, com diversos relatos de funcionárias e funcionários com relação ao ambiente tóxico da empresa, o que levou a própria Riot a pedir desculpas publicamente em um post no blog oficial.

Uma funcionária e uma ex-funcionária da Riot Games abriram um processo contra a empresa nesta segunda-feira (5), acusando-a de discriminação endêmica de gênero e fomento à um ambiente predominantemente masculino.

De acordo com o site Kotaku, a ação alega que funcionárias do sexo feminino da empresa ganham salários menores e têm suas carreiras “sufocadas” apenas por serem mulheres. Além disso, as funcionárias ainda alegam que têm que lidar com um ambiente de assédio constante, má conduta e sexualmente hostil.

Como indenização, o processo exige que a Riot pague uma compensação pela diferença de salário, assim como multas por dano moral e assédio sexual.

Vale lembrar que a empresa vêm sofrendo denúncias deste tipo há alguns meses, com diversos relatos de funcionárias e funcionários com relação ao ambiente tóxico da empresa, o que levou a própria Riot a pedir desculpas publicamente em um post no blog oficial.

Comentários

Echo Games - Layout