Echo Games - Logo Echo Games - Logo
Echo Games - Logo
Echo Games - Layout

MinC e Ancine anunciam investimento de R$ 45 milhões no mercado de games brasileiro

A ideia é fortificar a produção e comercialização de jogos no país

Por: Lucas Arbex   |   06/12/2018 - 11:04
Echo Games - Facebook Echo Games - Twitter Echo Games - Google Plus Echo Games - WhatsApp

Depois de anunciar em setembro a Política Nacional de Games, uma série de investimentos direcionados à fomentar o mercado de jogos brasileiro, o MinC (Ministério da Cultura) e a Ancine (Agência Nacional de Cinema) detalharam as primeiras linhas de financiamento e investimento do programa nesta quarta-feira (5) (via Ancine).

Durante o evento Unlock CCXP, parte voltada para negócios da feira CCXP 2018, o ministro da cultura Sérgio Sá Leitão anunciou que o FSA (Fundo Setorial Audiovisual) será o responsável por este investimento, dividindo R$ 35,25 milhões em linhas de financiamento e R$ 10 milhões em aceleradoras, totalizando exatos R$ 45,25 milhões.

“Nós estamos falando de investimento. O Fundo Setorial está se associando com essas empresas, injetando recursos nos projetos ou nas aceleradoras, esperando obter, junto com os empreendedores, retorno financeiro,” disse Leitão.

“O Brasil é atualmente o 13º maior produtor de games do mundo, ao mesmo tempo que tem a terceira maior população de jogadores do planeta, com 66 milhões de pessoas. É essencial investir neste promissor mercado, valorizando inclusive a diversidade de produção criativa brasileira, o que estamos fazendo ao promover cotas regionais nos editais,” continuou o ministro.

Os investimentos serão divididos em 3 editais, sendo dois para produção (seletiva e fluxo contínuo), e uma para comercialização, e cada um deles terá limite de investimento e de aporte máximo por projeto, além de divisão de cotas por região do país. Pela primeira vez, também serão contemplados projetos de Realidade Virtual e Aumentada.

O intuito é acelerar ainda mais este mercado, que cresce cada vez mais no país e no mundo.

Depois de anunciar em setembro a Política Nacional de Games, uma série de investimentos direcionados à fomentar o mercado de jogos brasileiro, o MinC (Ministério da Cultura) e a Ancine (Agência Nacional de Cinema) detalharam as primeiras linhas de financiamento e investimento do programa nesta quarta-feira (5) (via Ancine).

Durante o evento Unlock CCXP, parte voltada para negócios da feira CCXP 2018, o ministro da cultura Sérgio Sá Leitão anunciou que o FSA (Fundo Setorial Audiovisual) será o responsável por este investimento, dividindo R$ 35,25 milhões em linhas de financiamento e R$ 10 milhões em aceleradoras, totalizando exatos R$ 45,25 milhões.

“Nós estamos falando de investimento. O Fundo Setorial está se associando com essas empresas, injetando recursos nos projetos ou nas aceleradoras, esperando obter, junto com os empreendedores, retorno financeiro,” disse Leitão.

“O Brasil é atualmente o 13º maior produtor de games do mundo, ao mesmo tempo que tem a terceira maior população de jogadores do planeta, com 66 milhões de pessoas. É essencial investir neste promissor mercado, valorizando inclusive a diversidade de produção criativa brasileira, o que estamos fazendo ao promover cotas regionais nos editais,” continuou o ministro.

Os investimentos serão divididos em 3 editais, sendo dois para produção (seletiva e fluxo contínuo), e uma para comercialização, e cada um deles terá limite de investimento e de aporte máximo por projeto, além de divisão de cotas por região do país. Pela primeira vez, também serão contemplados projetos de Realidade Virtual e Aumentada.

O intuito é acelerar ainda mais este mercado, que cresce cada vez mais no país e no mundo.

Comentários

Echo Games - Layout